UEPA

Escola situada na Avenida Dr. Genésio Gomes de Morais s/n, Aliança, Pernambuco, CEP 55.890.000, Fone (81)3637-1132.

Fundada no dia 23 de novembro de 1972. A natureza da instituição é municipal (pública), com turnos funcionando manhã(7h30 às 11h40), tarde (12h20 às 16h30) e noite (18h30 às 22h). Tem as modalidades de Ensino Infantil, Ensino Especial, Ensino Fundamental, possui uma estrutura de trabalho por ciclos, (1º ao 9º ano), Educação de Jovens e Adultos e o Curso Normal Médio.

Pesquisar este blog

Ensino Fundamental


2016

2014/2015

Dia 19 de abril/Dia do Índio


Todo dia é dia de índio?
 Sim, pois não adianta somente
lembrar dos índios apenas um dia.
Eles fazem parte de nossa história e têm muito a nos ensinar.
Mas, justamente por serem
importantes, foi reservada uma data
no calendário anual para comemorar
o Dia do Índio, que é 19 de abril.














Dia da Água 22 de março

Ano 2013

Desde os primórdios da humanidade sabemos que o homem sempre se estabeleceu em locais próximos aos rios e mares, para garantir seu sustento através da pesca e da agricultura.
A história do Egito faz uma excelente demonstração desse fato, quando os homens, às margens do rio Nilo, fizeram os primeiros aglomerados humanos e construíram as primeiras cidades do mundo. Ali já se registrava o quanto o homem era dependente da água.
Porém, com o passar dos anos, com a evolução da humanidade, a água passou a ser tratada com desrespeito, sendo poluída e desperdiçada.























2012
CONCURSO DE DESENHO
TEMA: ARCA DE NOÉ

Alunos do 1º Ano "A","B" e "C".
 Com o tema: ARCA DE NOÉ, os alunos do 1º Ano participaram do Concurso de desenho


1º Lugar: Josevan 1º Ano "C"

2º Lugar: Jade 1º Ano "C"

3º Lugar Rayanne 1ºAno "C"
Professoras responsáveis:
Joselma Batista
Roza Víviam
Márcia Felipe


FESTA  DAS  CRIANÇAS
2012
Nesta sala as Professoras
 Joselma Batista, Márcia e Roza Víviam 
organizaram a festa para
 as três turmas 
1º Ano A, B e C











Aqui a Professora Marlene
 com a sua turma 
Ensino Infantil 2

Aqui a professora Gilene
e sua turma
Pré 1 "A"


Participação de Daniele, aluna do 
3ºNormal Médio


Nesta sala a Professora Biuzinha 
e sua turma
Pré 1 "B"




Nesta a Professora Margareth
e sua turma
2º Ano "C"








Nesta sala a professora Luzinete
e sua turma
5º Ano "A"

 Nesta a Professora Auristela
e sua turma
4º Ano "A"


Professora Sueli à convite da Professora Auristela

Aqui a professora Ana Luzia
 e sua turma
5º Ano "B"



Nesta sala alunos da 
Professora Marília

Professora Marília e seus alunos
4ºAno "B"

Nesta sala, alunos da
Professora Alda 
2ºAno "B"






Nesta a professora Maria José
e seus alunos
3º Ano "A"


Alunas do Curso Normal Médio
fazem a festa na sala da
Professora Viviane
3º Ano "B"
Emanuelle, Suziely e Joyce
(Alunas do Curso Normal Médio 1º Ano "A")



Nesta sala Professora Solange e 
seus alunos
3º Ano "C"

Alunos da Professora Joselma Santos
3º Ano "D"




Professora Roza Víviam
seus alunos
1º Ano "C"
Professora Márcia
e seus alunos
1º Ano "B"

Professora Joselma 
e seus alunos
1º Ano "A"












Registro de atividade
 no laboratório
com as turmas das 
Professoras Janaína e Márcia






























Jornal Escolar
sob orientação das Professoras 
Fernanda Almeida
Josilene Gonçalves
Turma: 9ºAno A e B





Comemoração do dia das crianças











































Lembranças da Páscoa











































Apresentação dos relatórios do filme:"Brasil Animado"
Série: 5º Ano "B"
Professora: Luzinete







Purificação da água

Sabe-se que  dependendo da fonte da água, uma grande variedade de técnicas poderá ser empregada na purificação da água.



Professor Aprígio e seus alunos
Alunos demonstrando o experimento
Participação dos alunos
Atividade que envolveu o aluno a fazer um filtro
Aluno mostrando seu experimento 
Alunos mostrando os experimentos
Alunos mostrando os experimentos concluídos

A purificação da água ou potabilização é um processo que consiste no tratamento da água, a fim de remover os contaminantes que eventualmente contenha, tornando-a potável, isto é, própria para o consumo humano.
 (http://pt.wikipedia.org/wiki/Purifica%C3%A7%C3%A3o_de_%C3%A1gua)



Fase inicial do projeto
Atividade escrita 
Trabalho coletivo valorizado

O uso de filtros de areia de ação rápida, é o tipo mais comum de tratamento físico da água, para os casos de água de elevada turvação. 



*******************


"BRASIL ANIMADO"

O filme trata dos personagens "Stress" e "Relax". Eles formam uma dupla muito engraçada.

Alunos concentrados no filme "Brasil Animado"
 Dessa vez o "projeto" é procurar a árvore mais antiga do Brasil. Stress fica animado com a possibilidade de ganhar dinheiro com essa "raridade". O problema é que eles não sabem exatamente onde ela está.
Alunos da Professora Luzinete
 Os personagens principais são "Stress" e "Relax". Stress é um empresário pão duro que só pensa em dinheiro. Relax é diretor de cinema e só pensa em curtir. Os dois são amigos há muitos anos e Relax sempre convence Stress a investir em seus "projetos". 
Normalistas no final assistindo para trabalhar depois nas salas de aula durante a docência

Animação na apresentação da cultura brasileira

Professora Luzinete concentrada com a sua turma

Professora Mariinha, no final, também assistiu e aprovou

Atenção e concentração dos alunos na Biblioteca.
Stress e Relax saem em busca do "Grande Jequitibá Rosa" sem mapa, sem bússola e sem noção. O resultado é uma comédia com ingredientes para agradar adultos e crianças.

****************************



Excursão para Macaparana

Transporte utilizado para a Excursão
Professor Atamir, historiador e Coordenador da Escola de Referência.

Professor Atamir recepcionou o grupo de aluno e professores.

Professor Atamir contou a história de Anita (Matriarca de Macaparana)

Funcionária da Fundação Anita Moraes entregando a Biografia a Professora Betânia.

Pedagoga Margareth (Magal) explicando sobre o conteúdo do Museu.

Professora Iandecy acompanhando a turma nas explicações.

Professora Fernanda participando nas explicações do Museu.

Professor Aprígio organizando e acompanhando a turma.

Professora Betânia recebendo um livro sobre a História do Museu.

A exposição no Museu foi analisada pelos alunos e professores através de painéis localizados ao longo das paredes com imagens (fotografias, desenhos e gráficos) e textos, que relata a história política da cidade de Macaparana, seus antecedentes − os períodos em que foi distrito de Goiana e São Vicente Férrer − as origens do nome, as datas importantes, os fatos e personagens relevantes etc.






Uma peça que chamou muito a atenção dos alunos foi a “namoradeira”, peça do mobiliário doméstico pertencente à Coleção Moura Cavalcanti. Neste móvel existem três lugares. Dois eram ocupados pelo casal de namorados e o outro por uma outra pessoa, cuja função era fiscalizar os assuntos e as atitudes dos apaixonados.











Os alunos acompanharam a história política de Macaparana, relevante no cenário político estadual e nacional. Conheceram algumas personalidades que, em momentos distintos, deram suas contribuições para a trajetória política do país.

***********************************************


Aula de Geografia na Sala da Professora Ana Luzia, 5º Ano do Ensino Fundamental
Alunas Márcia e Adriana do Normal Médio com o auxílio de Nenê organizando o data show
As alunas normalistas trabalharam com o objetivo de caracterizar os biomas brasileiros e identificar as consequências sócio ambientais de suas transformações ao longo do tempo.






Arquivo da professora Ana Luzia dos trabalhos realizados sobre o trânsito







Arquivo de Aula da Professora Ana Luzia
sobre o Meio Ambiente










Aula do Professor Marcelo
21/07/2011

Foi  conversando com a sua turma que o Professor Marcelo, com o apoio de alunos do Curso Normal Médio, iniciou a aula de Matemática. Conduziu a conversa de que podemos nos deparar certas vezes com situações onde aparecem as frações. Uma ida a pizzaria por exemplo nos permite perceber como é dividida a pizza, em partes iguais, ou seja, a pizza que é a parte inteira é dividida em outras partes denominadas partes fracionadas
Aluna do 4ºAno B 
Aluno estudando Matemática
Alunos respondendo atividades





Cada aluno pode confeccionar a sua pizza de papel, reconhecendo que comumente a pizza é dividida em 8 partes iguais, sendo que cada parte é denominada 1/8 (um oitavo); nós não temos o costume de chegar a pizzaria e falar com alguém que está a mesa “me dê 3/8 (três oitavos) de pizza”.  Na verdade todos nós pedimos 3 pedaços de pizza, e nem chegamos a dizer “me dê 8/8(oito oitavos) da pizza”, pedimos logo a pizza inteira pois 8/8 quer dizer uma parte inteira.

Alunos do Normal Médio participando da dinâmica
Claudiane e Paulo do 1ºA e Edinalda e Benedita do 1ºB,
 alunos do  Curso Normal Médio participando das atividades



Aluno separando as frações
Separando as frações
Preparação da dinâmica da Pizzaria
Professor Marcelo explicando a atividade
Encenação de uma pizzaria no centro da sala
Esperando atendimento na pizzaria
Chega o garson para fazer o atendimento
O garson serve a pizza

A pizza foi dividida em várias partes iguais, cada parte representando uma fração de acordo com o inteiro. O professor Marcelo ficou sempre explicando, envolvendo os alunos na dinâmica. Foi muito interessante ver os 27 alunos da sala participando da aula.




Unidade Educacional da Prefeitura da Aliança

Projeto de Leitura


Professora Mariinha explicando o Projeto
 "A sala de aula na biblioteca e a biblioteca na sala de aula"


Professora Maria José da Silva ( Mariinha).

Aliança/2011

A SALA DE AULA NA BIBLIOTECA E A BIBLIOTECA NA SALA DE AULA

1.      Tema do Projeto: A sala de aula na Biblioteca e a Biblioteca na sala de aula.
2.      Público-alvo: 4º e 5º anos do ensino fundamental, dos turnos manhã e tarde.
3.      Duração: de julho a outubro/2011.
4.      Coordenadora do Projeto: Professora Maria José da Silva ( Mariinha).
5.      Apoio: Professoras Josinaura e Edilza.
6.      Monitores: Alunas do 3º ano Normal Médio
7.      Colaboradores: Professoras Betânia Leodino, Zeide Francisca, Sueli Rodrigues, Raquel Barros e professores dos 4º e 5º anos do Fundamental.


Apoio na Reunião da Coordenadora Edilza
e das Professoras do 4º e 5º Ano do Ensino Fundamental

8.      Justificativa:
 Sendo a melhoria do ensino aprendizagem um dos grandes desafios da educação nacional e a leitura um importante instrumento para o desenvolvimento das competências e habilidades dos alunos e alunas, nossa Escola busca despertar o prazer e o interesse  pela leitura, pois os índices das avaliações internas e externas ressaltam a necessidade de uma intervenção focada nesta temática.
9.      Objetivo Geral:
Formar leitores competentes e, por conseguinte, bons produtores de textos, pelo exercício constante da leitura e da análise lingüística é que o aluno irá fundamentar seu processo de escrita e produção de textos.
10.  Objetivos Específicos:
. Despertar o prazer em aprender estimulando o desenvolvimento das potencialidades possibilitando assim conhecer o ambiente da biblioteca, familiarizando-se com o universo dos livros;
. Possibilitar o acesso dos alunos à biblioteca para a livre escolha de títulos( leitura deleite);
. Valorizar o aluno dando-lhe atendimento nas dificuldades específicas e individuais para maximizar seu aproveitamento na escola;
. Criar hábitos de leitura como instrumento de interação social e aquisição cultural;
. Despertar o prazer de utilizar os livros como instrumento de estudo.
11.  Conteúdos:
·         Gêneros Textuais nos Diversos Contextos: Contos de fadas, histórias infantis, assombração, etc. mitos e lendas populares; Literatura de Cordel; Poemas, canções, quadrinhas, parlendas, adivinhas, trava-línguas, piadas; Entrevistas, notícias, anúncios (via rádio e TV).
12.  Fundamentação: Despertar o prazer da leitura
Todo bom leitor é bom aprendiz - eis uma das conclusões fundamentais da pesquisa sobre a leitura - esse fato é importante para o êxito tanto na escola como na vida ulterior, quando precisamos estar preparados para nos adaptarmos a novas circunstâncias. Os livros modernos que não são de ficção constituem uma excelente ajuda nesse sentido.   (RICHARD BAMBERGER-2006.p.13)

Os Parâmetros Curriculares Nacionais deixa claro que:                                                                                      

Para aprender a ler, portanto, é preciso interagir com a diversidade de textos escritos, testemunhar a utilização que os já leitores fazem deles e participar de atos de leitura de fato, é preciso negociar o conhecimento que já se tem e o que é apresentado pelo texto, o que está atrás e  diante dos olhos, recebendo incentivo e ajuda de leitores  experientes. (PCN-Língua Portuguesa, vol 2. p. 56)

13.  Metodologia:
Levar os alunos para conhecer a biblioteca da escola e outras se desejar, observando a organização; os diferentes tipos de livros e revistas, a forma como são feitos os empréstimos e consultas;
Escolha dos livros  a serem lidos  feita pelo(a) professor(a) da classe;
Trabalhar um dos livros lidos pela turma em sala de aula trabalhando a interdisciplinaridade;
Trabalhar em equipe utilizando dicionários, tiras, jornais e revistas;
Roda de leitura orientada pelo professor da classe/ pelos monitores.
Cantinho da leitura com a biblioteca móvel na sala de aula.
Produção e confecção de livros infantis feitas pelos alunos auxiliados pelo professor e montagem  da biblioteca da sala.
Criação do dicionário da sala em um caderno onde serão registradas as palavras encontradas em textos lidos e os seus significados.

14.  Cronograma

Ação
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Reunião pedagógica enfatizando o tema do projeto apresentado
1º quinzena
Visita à biblioteca
Salas alternadas
Leitura de leite
Teatro de fantoches
Visita do carroteca nas salas
Roda de leitura
Leitura deleite na biblioteca ou c/ a visita do carroteca na sala
Roda de leitura na sala de aula.
Trabalhar dificuldades ortográficas
Trabalhando com dicionários em grupos
Roda de leitura c/ interpretação do texto trabalhado
Trabalho com jornais e revistas
Recortes de palavras, frases, pequenos textos à serem trabalhados em sala
Coletânea de  textos diferenciados,
leitura e treino ortográfico
Leitura de imagens p/ construção de textos
Produção de pequenos textos em sala de aula
Visita ao ponto de cultura.
Produção de textos através da visualização do aluno
Atividade extra-classe
Visita ao ponto de cultura.
Produção de textos através de leitura de imagens.
Culminância
Apresentação p/ o grande grupo trabalhos realizados e as produções dos alunos.
Dramatização de uma obra infantil.


15.  Resultados esperados
Esperamos com a realização do Projeto “A sala de aula na Biblioteca e a Biblioteca na sala de aula” conseguirmos:
Despertar o prazer da leitura;
Elevar o desenvolvimento cognitivo e acompanhar o ritmo da turma com tranqüilidade;
Melhorar o relacionamento interpessoal e coletivo;
Minimizar as deficiências de leitura e escrita;
Recuperação da auto - estima dos alunos envolvidos no processo;


 TRABALHOS REALIZADOS NO DIA DO MEIO AMBIENTE 


Professor Aprígio orientando os trabalhos dos seus alunos.










Hoje, 20 de junho de 2011, foi experimentado pela Professora Sueli, Professora Mariinha e o Professor Marcelo, na Sala de Informática com apoio da Professora Elizabeth, responsável pela sala, os Jogos Educativos do nosso blog. Foi muito interessante.

Professora Sueli ajudando os alunos
 de Professor Marcelo nos jogos educativos.
Foi muito prazeroso, devido a sua capacidade de absorver, as crianças de forma intensa e total, criaram um clima de entusiasmo. Foi este aspecto de envolvimento emocional frente ao computador que tornou a atividade com forte teor motivacional, gerando um estado de vibração e euforia.


Desafio para os alunos em matemática
 Em virtude desta atmosfera de prazer dentro da qual se desenrolou, a aula no laboratório foi canalizado as energias no sentido de um esforço total por parte de todos para consecução do objetivo. Portanto, as atividades na Sala de Informática são excitantes, mas também requerem um esforço voluntário e uma preparação melhor antes de sua realização.
A Professora Mariinha, ajudou muito os alunos a encontrarem os Jogos Matemáticos, além de tirar as fotos.
Alunos utilizando o computador na aula de matemática
 A Professora Elizabeth, responsável pela Sala, lembrou bem que fosse avisado com antecedência para que ela pudesse organizar melhor e mais rápido o atendimento nas conexões. Pois, tivemos dificuldade de entrar no blog, devido as configurações dos computadores. Porém, valeu a experiência e a ousadia do Professor Marcelo em querer inovar na sua sala.
Mostrando ao Professor Marcelo os Jogos no Blog da UEPA
O professor precisa saber criar, improvisar e lidar com situações inesperadas, pois são competências exigidas em todos os âmbitos de nossas vidas.







RECICLAR PARA PRESERVAR


Professoras responsáveis: Edileide, Joselma e Sibele.
Turmas: alunos do 1º ano

Objetivo: Conscientizar os alunos sobre a preservação do meio ambiente, através da coleta do lixo reciclável nos bairros próximos à escola.






Atividades:

31/05- Debater com os alunos a importância da preservação do meio ambiente.
-Confecção de cartazes relacionados ao tema.

01/06- Trabalhar a utilidade do lixo reciclável.
-Confecção de cartazes relacionados ao tema.

02/06- Fazer a coleta do lixo reciclável nos bairros próximos à escola.

03/06- Apresentação dos trabalhos desenvolvidos no decorrer da semana.


TURMA DA PROFESSORA SANDRA 7º ANO







PROFESSORA SOLANGE TURMA 2ºANO





9ºANO A







4ºANO B PROFESSOR MARCELO












Lista de blogs

Postagens